Booktuber: um fenômeno do mundo literário

Apaixonados por literatura, os booktubers encontraram no meio digital uma forma de compartilhar sua experiência literária com o mundo. O termo booktuber é a junção da palavra book (livro, em inglês) com o nome do site americano de compartilhamento de vídeos – YouTube – usado por esses “ratos de biblioteca” para publicar seus vídeos. Ou seja, booktuber é alguém que fala de livros e temas literários em seu canal no YouTube.

clube de leitura

Clássicos da literatura

Eles não se intitulam críticos literários, mas são ávidos leitores e utilizam seu espaço na internet para falar do que gostam. Com uma linguagem informal e simples, os booktubers publicam vídeos com resenhas, comentários e discussões das mais variadas obras, incluindo clássicos da literatura, muitas vezes abandonados logo no início da leitura por serem considerados densos, com uma linguagem menos fluida. No entanto, justamente graças à linguagem mais atraente dos booktubers, os clássicos rendem mais audiência do que os best-sellers comerciais, contou em sua entrevista para o caderno Aliás, do jornal Estadão, a criadora do canal Ler Antes de Morrer, Isabella Lubrano, umas das booktubers de sucesso na internet, com mais de 170 mil inscritos.

Os vídeos sobre os clássicos também têm despertado interesse de vestibulandos que, em meio a tanto conteúdo para estudar, conseguem boas resenhas das obras listadas como conteúdo de prova. Utilizando uma linguagem dinâmica, bem diferente do dia a dia em frente aos livros para estudo, o canal da professora Tatiana Feltrin é um exemplo. Entre diversos vídeos de obras que fazem parte da lista da FUVEST e UNICAMP, encontra-se um – que vale a pena conferir – com mais de 38 mil visualizações, sobre dicas para leituras obrigatórias.

Há mais de 10 anos, Tatiana criou um dos primeiros canais brasileiros sobre literatura no YouTube: o Tiny Little Things. Hoje, a booktuber é uma mostra de como esse fenômeno veio para ficar: são mais de 280 mil inscritos e quase 28 milhões de visualizações.

Os booktubers não se limitam a discussão sobre livros, alguns dão dicas de leitura e escrita, como é o caso de Pamela Gonçalves, do canal PAM, outra booktuber de sucesso e escritora, com mais de 229 mil seguidores.

Editoras de olho nos booktubers

A solidez dos canais dedicados à literatura é o que tem chamado atenção das editoras. A grande lista de seguidores e visualizações demonstra o poder de alcance e influência dos booktubers, o que se mostrou uma valiosa ferramenta de divulgação de livros. Aproveitando a força desses formadores de opinião, algumas editoras começam a firmar parcerias com criadores de canais literários, de olho em seus seguidores – possíveis consumidores de suas publicações.

Enfim, a revolução tecnológica alcançou as prateleiras das estantes de livros; não eliminando-os, conforme se pensou que aconteceria, mas incentivando a leitura, principalmente de jovens – inclusive crianças –, com uma linguagem acessível e envolvente.

Apaixonado por literatura? Escritor? Dê uma olhada nesses booktubers!

 

booktuber

Eduardo Cilto | Perdido nos Livros

Perdido nos Livros já tem mais de 322 mil inscritos. Eduardo Cilto criou o canal ainda adolescente, em novembro de 2012, com a intenção de popularizar o hábito da leitura entre os jovens. Ele fala de assuntos ligados a filmes, séries, notícias e temas relacionados ao mundo dos livros. Autor recente de Submerso (2018), Eduardo também publicou o livro Traços, em 2016, ambos pela editora Outro Planeta.

 

booktuber

Tatiana Feltrin | Tiny Little Things

A professora de inglês Tatiana Feltrin já postou 967 vídeos desde setembro de 2007. Considerada a primeira booktuber do Brasil, contabiliza mais de 28 milhões de visualizações. Se define como uma leitora ávida que compartilha o amor pelos livros e incentiva a leitura em vídeos há quase uma década. O canal tem vídeos novos todas as quartas, sextas e domingos.

 

booktuber

Pamela Gonçalves | PAM

Escritora, Pamela Gonçalves faz vídeos sobre livros, adaptações literárias e dicas de escrita. É autora de dois romances: Boa Noite e Uma História de Verão. Seu canal tem mais de 11 milhões de visualizações. Ela avisa que posta vídeos novos toda segunda, quarta e sexta e faz lives aos domingos.

 

booktuber

Isabella Lubrano | Ler Antes de Morrer

A jornalista tem a meta de ler e resenhar 1001 livros (mesmo que não consiga, diz que já vale a pena tentar). São vídeos exclusivos sobre as principais obras da literatura brasileira e universal, “com bom humor e qualidade de um jeito que você nunca viu antes”. O canal está perto de sete milhões de visualizações.

 

booktuber

Duda Menezes | Book Addict

O canal surgiu em 2011 como uma extensão do blog Book Addict, mas em 2014 ganhou vida própria com vídeos regulares e hoje é o blog que funciona como extensão do canal. Atualmente, Duda Menezes publica vídeos quase diariamente para seus 30 mil seguidores e alcançou mais de um milhão e oitocentas mil visualizações. A conversa no Book Addict é especialmente sobre livros: dicas, gostos, autores e novidades.

 

booktuber

Família Palmito

Com vídeo novo toda semana, o publicitário Rafael Noris e seu filho falam de literatura infantil, além de diversos assuntos sobre educação e dicas para pais. O canal foi criado no final do ano de 2013 e já conta com quase 18 mil visualizações.

 

booktuber

Valentina Popolare

Falando no público infantil, há vários booktubers mirins falando sobre livros e estimulando a criançada a ler! Com mais de 700 inscritos e 41 mil visualizações, Valentina Popolare está nesse grupo. Tem 10 anos e diz que ama ler citando Alice Ferreira: “ler é viajar sem sair do lugar”. O objetivo dela no canal é dar pequenos resumos e ótimas dicas de livros infantis e infantojuvenis dentre os mais de 200 títulos que ela já leu até agora.

One Comment

  1. Pingback: Como a assessoria de imprensa pode ajudar a divulgar um livro | Publicando meu livro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *